Download: folha pontilhada pra bullet journal

Bom dia galerinha do barulho, observando os bullet journals por aí eu percebi que a galera de fora que participa dessas coisas tem uns caderninhos com folhas PONTILHADAS. Isso mesmo.

Socorro, mas que que é bullet journal? Vah, não to entendendo nada.

Aí vou fazer um post específico pra isso, vou sim, espera só um pouquinho. Mas se jogar na internet vai captar a ideia geral da coisa <3

Enfim, voltando à folha pontilhada: ela é muito mais legal que a quadriculada, porque é muito clean, minimalista, perfeita pro feed conceitual do instagram, etc. Mas falando sério, eu não gosto de folha quadriculada porque acho feia mesmo, e folha que não tem nada eu sempre erro as dimensões, faço umas linhas tortas, é um desastre.

Com as folhas pontilhadas ‘cê consegue se localizar melhor, escrever de forma mais harmoniosa e quando olha de longe nem dá pra ver os pontinhos. É tudo de bom. Se liga:

presta atenção nos pontinhos. ó.
tá vendo as bolinhas ali? pois é, eu também quase não vejo.
pontinhos, pontinhos do amô

Daí procurei pra comprar aqui em Curitiba (e em todas as lojas online do Brasil) e não achei nadica de nada. Quer dizer, nada de bloco de folhas. Até achei uma agenda ou outra, e um bloco pra planner pré-planejado (aqueles que custam milhões de reais), mas não era o que eu queria.

Então resolvi fazer minha própria folha pontilhada, já que meu bullet journal é na verdade um fichário que eu só corto as folhas no meio, faço os buraquinho e taco tudo lá.

E se você quiser experimentar, pode fazer o download aqui.

É só imprimir em A4 (paisagem). Aqui na impressora eu seleciono “ajustar” pra ficar certinho, porque “tamanho real” corta as margens. Depois é só cortar no meio caso o seu bullet seja em tamanho A5 – assim como o meu – ou usar inteirinho assim se por algum motivo você escrever em A4 mesmo. Pode imprimir em sulfite mesmo, eu imprimi em 90g porque era o que tinha aqui, mas se usar uma gramatura mais alta vai manchar menos o outro lado quando escrever. Se quiser, depois pode encadernar em qualquer gráfica fundo de quintal e vai ter um lindo caderninho, funcional e barato <3

Se você achou legal saber disso, escreve um comentário, compartilha com os amigo, dá um like, manda um tweet, sinal e fumaça mas FAZ ALGUMA COISA, porque se não eu nunca vou saber que alguém acha maneiro o que eu posto e vou parar de postar e ficar triste pra sempre. Beijo grande.

Share Button
Continue Reading

Download: Calendário 2016 Neko Atsume

Capa!

Sim, eu fiz um calendário do jogo de colecionar gatinhos. De nada.

Aqui o preview, olha quanto amor. Eu não aguento de tanta fofura.

preview

Infos úteis:

Tem a versão horizontal e a vertical, elas possuem os mesmos elementos mas em ordem diferente.

Ambas as artes foram feitas em tamanho A4, ideal pra você imprimir em casa mesmo.

Recomendo que você imprima em um papel melhor e mais grosso, como o couché fosco 230g ou acima. Papel vergé também fica legal.

Pra imprimir em casa sem dar problema, você tem que mudar o tipo do papel e o jato de tinta nas configurações da sua impressão, não esquece. E se você preferir imprimir na gráfica pra não ter todo esse trabalho, deve ficar uns R$ 3, vale a pena.

Como baixar:

To usando o sistema de “pagar com um tweet” ou um post do facebook, eu te dou essa coisa linda cheia de gatos e você me ajuda a divulgar. Justo, né?

É só clicar aqui embaixo e seguir os passos do site, qualquer problema me avisa nos comentários!

download horizontalversao vertical

Achei uma delícia fazer esse calendário e to trabalhando em uma versão mais elaborada, pra poder escrever em cada um dos dias, fiquem de olho 😉

Share Button
Continue Reading

Aprenda comigo: materiais para desenho (iniciante)

Olá queridos. Quer começar a desenhar e não sabe por onde? Já resolvemos esse problema neste post aqui. Você já rabisca em todo lugar mas tá com vontade de ter um material específico pra isso? Então vamos lá. Já sabe que o post vai ser enorme, né? Mas é que tem muitas fotinhas… e eu escrevo demais 🙁

Euzinha sou muito fresca e cheia de frufru, então me animei demais com a primeira compra de materiais de desenho. Talvez até demais, porque comprei coisa que não uso, mas tudo bem. É pra isso que eu to aqui, pra impedir vocês de cometerem os mesmos erros que eu.

Vamos deixar claro que o material básico depende muito do seu estilo de arte. Vou citar aqui os que eu tenho de acordo com a minha preferência, mas se você discorda, comenta aqui em baixo pra gente se ajudar.

 Grafite Graduado

De cara já precisamos falar sobre lápis. Sim, você pode desenhar o resto da sua vida com aquele lápis verdinho da faber que parece que nunca vai quebrar mas quebra quando você força pra mostrar pras pessoas. Não tem problema nisso, mas se você quer levar desenho a sério e começar a trabalhar com sombras, recomendo que inicie no mundo do grafite graduado. É bem simples e alguns lápis são o suficiente no início até você descobrir se realmente curte isso. POR ENQUANTO eu não uso muito, poderia muito bem ter comprado só um 2H pra fazer rascunho e estaria bem, mas sigo em frente.

Mas vah, como funciona o grafite graduado?

É bem simples, fiz uns rabisquinhos pra você entender certinho, apliquei a mesma pressão em cada lápis e o resultado foi esse:

grafitezinho

 Compro de que marca?

O meu kit é esse lindo da Staedtler, todo nhenhenhe feito na alemanha. Amo muito ele e acho lindo, paguei R$ 18 + frete na Kalunga online, porque não tinha na loja física. Vem com as 6 graduações que mostrei ali, uma borracha que eu tinha enfiado no nariz na hora da foto e um apontador pequenininho muito útil. Não vou falar sobre borrachas normais porque você vai seguir minha dica e comprar esse kit, então não precisa comprar à parte. Mas caso queira saber: é sempre bom ter borracha normal, dessas simples mesmo.

grafite

Lapiseira, precisa?

Por anos fui fã desse modelo de lapiseira aqui e recomendo demais, não trocava por nada (apesar de a minha ser da faber, quase certeza). Mas recentemente ganhei uma muito linda e sensacional das minhas migas da Pentel, essa da foto abaixo. Vi que tem na kalunga pra comprar, mas não deve ser difícil de achar em qualquer papelaria especializada, a marca é muito conhecida.

Lapiseira pentel

Mas se eu tenho lápis, pra que lapiseira?

Calma lá, jovem padawan. É bom pra você carregar por aí no seu estojo, solta na bolsa, etc. Eu prefiro lápis atualmente, mas ficar com ele pra lá e pra cá acaba desgastando a mina (a pontinha dele).

❤ Borracha caneta

Porquê? Porque as vezes você precisa apagar só um cílio mal desenhado e se tentar com qualquer outra borracha vai deixar sua personagem caolha, e todo mundo sabe que desenhar olho é uma desgraça, então vamos evitar.

Caneta borracha

Paguei uns R$ 3 na kalunga, loja física mesmo. Qualquer marca serve.

❤ Borracha maleável (ou limpa-tipos) 

Antigamente utilizada só pra limpar máquina de escrever, porque ela “puxa” o grafite e é a coisa mais mágica do mundo. Você arranca um pedaço e usa por semanas. Pode só encostar na folha que vai diminuindo a quantidade de grafite do pape, ou pode esfregar igual borracha normal, mas a diferença é que não vai soltar restinho. De forma geral é uma borracha muito boa para se ter.

Borracha maleável

A minha é da koh-i-noor porque era a que tinha na loja online da Graffiti no momento. Custou uns 5 reais. Sim, vale o preço. <3

Borracha maleável
O único problema é que eu fico brincando de massinha com ela 🙁

Esfuminho

Papel amassadinho. É o que são os esfuminhos, literalmente. Servem pra esfumar o grafite e você não ter que usar seus dedinhos que já sujam o suficiente, provavelmente. Custa uns 5 reais e eu tenho só o n. 2 porque meu estilo de desenho não pede isso ainda, mas se você curte trabalhar com grafite graduado e essas artes mais requintadas, compre uns 3 porque desgasta rapidinho.

Esfuminho 1

De pertinho pra você, ó.
De pertinho pra você, ó.

❤ Caneta Nanquim

Quando eu for gente grande quero começar a trabalhar com nanquim de verdade, o pigmento maravilhoso cuja cor reflete o amor que não possuo em meu coração. Dramas à parte, existe a tinta nanquim que é coisa de profissa e eu ainda não cheguei lá, e as canetas descartáveis com tinta nanquim, igual essa Uni pin que eu ganhei de presente também. Acho que todo desenho meu tem contorno com ela e eu adoro pintar também. Custa em torno de R$ 10 e acha em qualquer papelaria especializada. Tem no site da Casa do artista também.

Caneta nanquim descartável

E caneta hidrocor que parece nanquim?

A Stabilo é uma marca muito conhecida e quebra um galho pra contorno e pintura em geral, quase não dá pra dizer a diferença e custa uns R$ 5, preço amigo. Recomendo demais, quero comprar de várias cores pros meus desenhos.

Amor, amor.
Amor, amor.

Marcadores

Muito útil pra colorir grandes espaços na arte, devem ser utilizados com cautela pois transferem pro outro lado (e pra outra folha!) facilmente. O que eu mais uso é uma caneta preta permanente (serve pra escrever em CD também) pra preencher o cabelo das minhas personagens. Recomendo muito, acho ótima e transfere pouco pro outro lado no papel 220g, enquanto os marcadores da magic color por exemplo transferem de um jeito absurdo. De início se você curte eu recomendo comprar só essas mais finas porque funcionou comigo, tenho magic color mas ainda to me batendo pra usar e poderia ter ficado sem mais uns meses.

Marcador
Recomendo pelo menos um de cada cor básica se você tem grana disponível. Eu tenho só o preto e me viro.

❤ Lápis de cor 

Não há quem resista a uma corzinha, né? Seja pra preencher o desenho todo ou só umas partes. Você pode fazer isso com marcador também, mas eu não abro mão do lápis.

P1160652

Eu tenho um jogo de lápis aquarelável da faber castell. Quando fui comprar, queria o da Staedtler de 24 cores mas não achei disponível online em um preço bom e acabei indo na kalunga e comprei o da faber por R$ 35. Com isso, me apaixonei por aquarela e assim que conseguir vou investir na tinta mesmo, mas foi um ótimo início. Qualquer hora faço um post sobre como usar lápis aquarelável.

❤ Sketchbook

Um termo bonito pra caderninho de desenho. Tem dos mais acessíveis até os mais caros de acordo com a marca e gramatura do papel. Eu tenho um pequeno de gramatura normal e folha whatever, comprei há meses na kalunga. E tenho um da canson de 100g/m² que ganhei e amo muito, mas a lombadinha me incomoda demais e eu deixo de aproveitar a página toda, por isso sugiro que você continue lendo pra entender o que fazer. Também incentivo demais a ~compra de quem faz~ e sou apaixonada pelos sketchbooks da Miolito Cadernos, e assim que tive mais dinheirinhos vou investir em um.

sketchbook

Papel

Agora que você quer desenhar de verdade precisa começar a aprender sobre papéis. Gramaturas e marcas. A princípio eu recomendo que você compre um bloco de papel da canson por ser por onde eu comecei também.

Basicamente: papéis simples como sulfite 70 e 90g/m² você só vai conseguir fazer rascunho e desenhos normais, pode usar nanquim e hidrocor tranquilo mas vai transferir bastante pro outro lado/folha.

Entre 100g/m² e 150g/m² você pode pintar com lápis normal, fazer esboço e rascunho de lápis, e até colorir de levs com aquarela ou lápis aquarelável sem estragar a folha, mas marcador já não tem condições.

Papelzinho
Linha universitária canson, é essa que você precisa. Vai fundo, migo.

Eu uso um de 224g/m² que eu comprei na graffiti online até hoje pra pintar com aquarela e marcador, acho que é o mínimo pra lidar com aquarela. Ainda vou comprar o de 300g/m² pra ter mais liberdade.

DICA AMIGA DE DEUS: Se você não tem grana pra comprar sketchbook artesanal que eu recomendo 100%, você pode comprar um bloco do papel de sua preferência, levar pra uma gráfica e pedir pra eles cortarem no meio e encadernarem, aí você vai ter seu próprio sketchbook por um preço bem mais baixo, quebra um galhão.

Pra finalizar, umas amostras do que eu faço com os materiais que citei aqui:

Estudo de personagem com stabilo + nanquim descartável + marcador e aquarela de levs pras bochechas.
Estudo de personagem com stabilo + nanquim descartável + marcador e aquarela de levs pras bochechas.

 

Aquarelando doguinho de picasso, oin.
Aquarelando doguinho de picasso, oin.

Você pode ver mais dos meus desenhos no meu instagram, to tentando melhorar o traço e deixo vocês verem minha evolução a cada dia, e esse mês de outubro eu to impossível com o inktober e o drawlloween.

Acabei, juro. Mas eu volto logo com mais posts enormes. Beijo nalma.

Share Button
Continue Reading

Aprenda comigo: como começar a desenhar?

Aprenda comigo :)

Olá queridos, o primeiro post da série “Aprenda comigo”, pra você acompanhar meu processo de aprendizado e descobrir o que fazer ou não a partir dos meus erros e acertos. Posso estar bem errada nas minhas dicas, tudo o que eu escrevo aqui é a partir da minha experiência, então se você não concorda com algo ou tem uma ideia melhor, comenta e me ajuda a melhorar o post :]

❤ HISTORINHA

Durante muito tempo da minha vida (20 anos, pra ser exata) eu acreditei que as pessoas que desenham nascem com esse dom e apenas melhoram com o tempo. Eu culpo o sistema educacional público que falhou comigo por nunca incentivar o lado artístico dos alunos, a não ser naquelas aulas de educação artística que a gente ficava trabalhando com perspectiva e colagem de bolinha de papel crepom. E sempre me ensinaram que o mundo é dividido em dois tipos de pessoas – as criativas e o resto, e euzinha sempre me enquadrei no resto porque achava que a criatividade era algo bem determinado e que estava ali na cabeça das pessoas sempre esperando ser usada em algum projeto. Jamais imaginei que o processo criativo é algo a ser estudado, cultivado e otimizado para chegar a um determinado resultado, e nem todas as pessoas simplesmente aparecem com ideia mirabolantes.

❤ MOTIVACIONAL

Sendo assim, apesar de ter todos os meus cadernos da escola rabiscados com desenhos aleatórios e tentativas frustradas de lettering (que eu nem sabia que era um segmento do design naquela época), nunca levei isso a sério. E, agora mais velha e sábia – COF COF – eu finalmente entendi que na realidade aquilo de a prática leva à perfeição é a única verdade que conta. Sim, existem pessoas que nascem com dom artístico e desenham perfeitamente desde os 2 anos de idade. MAS não é o único meio, então vamos internalizar aquele discurso manjado que é o que precisamos nesse momento: nunca é tarde demais para começar.

❤ VOCÊ TEM DINHEIRO?

Se sim, investe em um curso de desenho. A maioria dos desenhistas fodas que sigo e admiro fizeram aulas de desenho pra aprender proporção do corpo humano, maneiras de pintar/desenhar, materiais que são indicados, etc etc. Infelizmente eu não disponho nem de tempo, nem de dinheiro, o que nos leva aos próximos itens.

❤ MAS APRENDO PRIMEIRO DESENHO DIGITAL OU O QUÊ?

Eu diria que o ideal é fazer os dois ao mesmo tempo. Eu gosto bastante de desenhar na mão, acho que dá mais credibilidade ao trabalho e também é mais difícil. Além do fato de que eu tenho tido muita enxaqueca por ficar na frente do computador demais (trabalho como social media, aí já viu né), então tento evitar.

Com relação aos custos acho que fica meio igual, porque os materiais básicos para desenhar são baratos individualmente, mas eu gastei uns 200 reais na primeira vez que comprei, e uma mesa digitalizadora custa uns 300 reais – a mais acessível. Você também pode desenhar com o mouse – é o que eu faço, mas evito.

Acho bem mais terapêutico desenhar à mão, pra falar a verdade. Ficar no computador acaba me irritando demais, mas essa sou só eu. Conheço artistas sensacionais que trabalham melhor digitalmente e vice-versa. Eu acho mais simples começar na mão porque quem faz um, via de regra, faz outro. E o investimento inicial é menor – uma folha sulfite e um lápis resolvem tudo. Só quando você começar a levar mais a sério vale a pena investir em materiais, que eu pretendo fazer um post sobre.

❤ POR ONDE COMEÇAR

Se você não tem grana pra pagar um curso, na teoria, você pode simplesmente ficar rabiscando e melhorando seus desenhos toscos pelo resto da vida, mas como eu citei ali acima, tenho bastante bloqueio criativo e acredito piamente que o melhor jeito de você aprender a desenhar é copiando desenhos dos outros. A gente tem um nome bonito pra isso: releitura. Eu faço muito isso pra tentar melhorar o meu traço.

❤ MAS COPIAR O QUE, MEU SENHOR?

Nesse post aqui eu indiquei alguns ilustradores que me inspiram para você seguir no instagram, você pode começar acompanhando o trabalho deles e fazendo suas próprias versões dos desenhos deles para treinar, desde que – e isso é muito importante – avise o autor sobre a sua releitura e principalmente indique em seu post/foto que é uma reprodução. Jamais tente passar algo como um desenho original seu, mesmo que você mude aspectos da arte.

Você também pode fazer suas próprias versões de desenhos e filmes que te inspirem, como clássicos da disney. Nas primeiras vezes o seu mickey vai ficar parecendo isso, mas é esse o ponto: com o tempo você melhora.

Quando eu era menor gostava de pegar papel vegetal e colocar por cima de gibis e revistas de princesas em geral, copiar o traço da maneira mais literal possível. Assim eu fui crescendo já tendo uma ideia de proporção, apesar de até hoje lutar na hora de desenhar mãos. Sigo em frente.

❤ NA MESMA VIBE DA DICA AMIGA

Outra dica que eu dou é, de fato, se inspirar nesses artístas sensacionais e tentar encontrar seu estilo de desenho. Normalmente a gente costuma ter um estilo próprio, um jeito de desenhar rostos, olhos, tamanho do corpo, etc. Não é regra, mas é bem comum. Então veja o que te agrada de cada artista e tenta fazer uma “compilação” até encontrar o seu estilo, que depois você vai adaptando pra ficar do seu jeitinho.

Se inspire também em desenhos do pinterest – minha rede social favorita. O deviantart também é muito bom, mas é melhorar pra divulgar os desenhos. Pra descobrir referências eu recomendo o pinterest mesmo, e você pode me seguir aqui e acompanhar meus painéis.

❤ BANCO DE IMAGENS

Ter um banco de imagens é uma iniciativa sensacional pra você sempre ter onde procurar inspiração. Eu vou te ajudar o máximo que puder dando dicas de ilustradores e cirando painéis no pinterest pra você sempre ter uma fonte de pesquisa, mas não custa nada criar o seu próprio pinterest ou até mesmo uma pasta no pc rpa salvar tudo o que te interessa e você quer tentar desenvolver parecido. Eu tenho tudo: pasta no pc, pinterest e pasta no celular também, cheia de prints de imagens que eu vejo por aí e gosto.

❤ TUTORIAIS NO YOUTUBE, UM AMOR ANTIGO

Se você não pode pagar aulas de desenho, o que eu recomendo é que você acompanhe tutoriais no youtube. Eu aprendi a mexer em softwares de edição de imagens por lá. Pra mim, é mais fácil aprender sozinha no meu tempo do que acompanhar aulas e ter que fazer exercícios e passar por professores. Entendo que é melhor ter o acompanhamento de um profissional, mas só de pensar em sair de casa, pegar ônibus pra chegar em algum lugar eu já desanimo. Claro que existem os cursos online – alguns excelentes, inclusive. Qualquer hora faço um post sobre isso também.

❤ CANAIS QUE EU RECOMENDO

Acho que o meu favorito é o Curso de desenho Barra, ela ensina de um jeito sensacional coisas muito básicas, e eu adoro o humor negro dela e a falta de paciência haha infelizmente não tem muitos vídeos, mas foi aí que comecei. Vira e mexe revejo os vídeos pra treinar de novo.

Gosto bastante do canal da Fayci Tage, é bem mais voltado ao design de moda mas dá pra aprender umas coisas legais com ela, como materiais indicados pra ilustração e como utilizá-los.

Se você só jogar no youtube “tutorial” e “desenho” vai encontrar coisas bem legais, como esse canal, vídeos de estudo de personagem, e até o PC Siqueira tem uns tutoriais muito bacanas. Mas daí ele usa mesa digitalizadora, você pode tentar acompanhar com mouse. Sei lá.

❤ IMPORTANTE

Tente não ficar sem desenhar. A gente esquece as coisas e fica mais difícil voltar. Sempre carregue um sketchbook pra lá e pra cá, por menor que seja e procure ter um aplicativo de desenho no celular, eu recomendo o Sketchbook (tanto o original quanto o express), são sensacionais, posso fazer resenha pra vocês mais pra frente. Reproduza objetos do dia a dia, desenhe árvores, desenhe pessoas conhecidas, desenhe formas geométricas. Tudo vale na árdua tarefa de melhorar o traço e a sua noção de proporção.

Tem alguma dúvida? Comente abaixo e eu tento te ajudar 😉 Continue acompanhando o blog que eu tenho planejado muitos posts legais da série “aprenda comigo”.

Beijo na alma. ♡

Share Button
Continue Reading

Inspiração: Ilustradores para seguir no Instagram

Muito amor envolvido.

Uma compilação de alguns ilustradores que me inspiram e vocês precisam muito começar a seguir ♥, a ordem dos artistas citados não é por preferência.

 ofelipeguga: Ilustrador sensacional do Rio de Janeiro. Ele faz um trabalho bem focado em religião, eu não sigo nada e minha fé é praticamente inexistente, mas os traços dele são demais e as ilustrações transmitem uma coisa muito boa, até pra mim.

ofelipeguga
Muito amorzinho.
ScreenHunter_142 Sep. 17 12.05
Um estilo fantástico de ilustrar.

yashassegawa: Ilustradora de Brasília, tem lojinha virtual e me inspira demais, só fofuras nas ilustras.

yashassegawa

Tanta delicadeza.
Tanta delicadeza.

cruella_atelie: Não sei de onde é a moça, mas tem umas ilustras fofas demais, ela também tem blog e você pode fazer encomendas das lindezas que ela desenha. Sem falar que ela tira umas fotos muito lindinhas, ai. 

Me ajuda a superar esses desenhos, gente.
Me ajuda a superar esses desenhos, gente.
Muuuuito amorzinho.
Muuuuito amorzinho.

naodisse: Ilustrações fofinhas, segundo a artista. E não é a coisa mais lindinha do mundo, minha gente? Dá uma olhada.

Chego a sofrer com tamanha fofura.

s2 s2 s2

jubarrettoilustra: Trabalha sob encomenda e faz uns desenhos lindíssimos, confere aí, pfvr. 

Jubarretto

To mentindo? Não to mentindo.
To mentindo? Não to mentindo.

danilotm: Não sei o que dizer, apenas sentir .

Danilo Matos

Quando eu crescer quero desenhar assim.
Quando eu crescer quero desenhar assim.

domingoaquarelado: “Desenhos aquarelados feitos no tempo livre da Priscilla Pinheiro de Oliveira“. Olha que fofa, gente. Não tem blog mas a vida tem dessas coisas, segue no instagram e morra de amores comigo.

Muito dinâmica essa menina, meu deus!
Muito dinâmica essa menina, meu deus!
Nhom!
Nhom!

 

Vou parar por aqui porque alguém falou que meus posts são grandes demais, mas vai ter parte 2 sim! Tem artista talentoso demais que to querendo mostrar pro mundo 

Beijos e me segue no instagram também pra ver minhas tentativas ~frustradas~ de desenhar também haha

Share Button
Continue Reading