WordPress.com x wordpress.org: qual é melhor?

Guia definitivo WordPress

Eu também acabei de começar o blog e a lidar com wordpress, então vou elaborar posts pra você aprender junto comigo a personalizar seu bloguezinho. Esse é o primeiro post da série e eu vou começar explicando algo que é bem confuso a princípio.

Pra começo de conversa: wordpress.com e wordpress.org são duas coisas bem diferentes. 

É uma explicação bem densa, o post tá grande e completinho e eu tentei simplificar ao máximo para não dar nó na mente.

Se você chegou aqui procurando saber se vale mais a pena criar um blog com o blogger (.blogspot) ou o wordpress(.com), eu recomendaria wordpress – tanto que é o que eu o utilizo. Mas tenho amigos que usam o blogger há anos e nunca tiveram problemas. Leia o post todo e veja se o wordpress te agrada e porque eu recomendaria ele.

O que é o wordpress?

Diretamente do google, lhes digo: WordPress é um aplicativo de sistema de gerenciamento de conteúdo para web, escrito em PHP com banco de dados MySQL, voltado principalmente para a criação de blogs via web. Essa é uma das ferramentas mais famosas na criação de blogs disputando diretamente com o serviço do Google chamado Blogger.

O que isso quer dizer?

Que é uma plataforma em que você pode criar o seu blog, ela não é paga, mas para utilizá-la você precisa ter um domínio e uma hospedagem, então tem custo sim. Já vou explicar mais sobre isso.

Mas o que é código aberto e porque isso é algo bom pra mim, vah?

Porque você pode ter seu blog absolutamente do jeito que você quer. Cada pedacinho dele você pode controlar. Tem muito, muito tema disponível na web que você pode colocar no seu wordpress.org, e também pode customizar o seu próprio layout. Além de ter uma comunidade imensa de pessoas que se ajudam e postam tutoriais e dicas, além de plug-ins e atualizações. WordPress.org é uma imensa família.

Pra instalar, você deve fazer o download no site (.rar) e fazer o upload deste arquivo depois que contratar a hospedagem. Continua lendo que você vai entender.

E o wordpress.com?

WordPress.com é um site comercial onde você pode ter o seu site sem pagar nada, mas com algumas limitações. Ele funciona na plataforma de código aberto WordPress (o que eu acabei de explicar), que foi criada em parceria com Matt Mullenweg e sua companhia chamada de Automattic.

Se você criar seu blog com o wordpress.com, ele sempre vai ser grátis, mas você pode pagar pra ter mais recursos. A parte boa do wordpress.com é que sempre vai ter backup, cuidados com spam e updates automáticos.

Tudo o que você precisa fazer é logar no wordpress.com e escolher o nome do seu blog, e então o seu tema e ajustar de acordo com seu gosto. Você não precisa se preocupar com instalar nada, diferentemente do wordpress.org.

O maior problema, ao meu ver, do wordpress.com é que você não pode colocar propagandas. Além do mais, eles tem direito de mostrar as propagandas que quiserem no seu blog, como quiserem e a qualquer momento.

O wordpress.org não tem nada disso, você pode postar o que quiser, como quiser e onde quiser.

Calma lá, me explica o que é domínio?

É quando você determina um endereço bonitinho pro seu blog ou site. A URL personalizada. Você escolhe, vê a disponibilidade e registra. Meu domínio é nomeartistico.com, mas eu poderia ter colocado .com.br, .co, .org, e por aí vai.

Como eu registro um domínio?

Você tem que pagar para ter o nome do jeitinho que sempre sonhou, e isso custa em média R$ 30,00 por ano. É o que eu pago. Tem diversos sites para se registrar um domínio. Dois sites muito utilizados pra isso são o GoDaddy e Registro.br. Se você entrar em qualquer um desses dois sites, consegue ver se o domínio que você sonha está disponível e pode ser seu dentro de alguns cliques espertos. Também dá para registrar o domínio na hora que você for contratar a hospedagem. Continua lendo que eu falo mais sobre isso.

Eu posso ter o domínio usando o wordpress.com e o wordpress.org? E blogger?

Se você for usar o wordpress.org, você precisa ter um domínio próprio, não tem a opção de ter nomedoblog.wordpress.org. Se você for criar um blog no wordpress.com, você não é obrigado a comprar o domínio porque pode manter o nomedoblog.wordpress.com.

Se você vai criar o blog no wordpress.com, você também pode ter domínio, mas vale mais a pena comprar o domínio direto com eles (esse tutorial tá simples e sensacional), porque se você comprar em um desses sites que eu citei e quiser usar o domínio no seu blog wordpress.com, você vai ter que pagar para fazer um mapeamento, e isso vai te custar U$ 13 por ano, além do preço do domínio normal. Vale lembrar que no wordpress é tudo pago em dólar.

Se você quer um blogspot com domínio, também pode. Não precisa, mas pode. Recomendo que você procure como faz em algum outro lugar, porque eu não uso o blogger.

Eu preciso ter um domínio?

Claro que não, pelo menos no wordpress.com ou no blogspot. Você pode começar escrevendo e criando conteúdo pro blog e comprar o domínio se realmente se dedicar ao bloguezinho. Mas se você planeja manter o projeto e quer que sua “marca” seja registrada pelos leitores, é melhor ter domínio sim, e se você não registrar corre o risco de alguma outra pessoa ter a mesma ideia de nome que o seu, daí quando você resolver registrar, não vai ter mais essa opção.

Ok, entendi o que é um domínio, mas o que é uma hospedagem?

Vou usar um exemplo muito prático aqui: imagina que você vai abrir uma loja física de algum produto. Você precisa ter um espaço físico para guardar seu estoque e se instalar pra fazer as vendas, certo? (Mesmo que seja na sua casa). Na internet é a mesma coisa. Se você quer ter um site do seu jeitinho, você precisa guardar as imagens, textos e todas as outras informações em algum lugarzinho da internet, então você contrata uma hospedagem pro seu site ficar visível.

E daí, de acordo com o seu plano de hospedagem, você vai saber a capacidade de armazenamento no servidor. No meu caso é ilimitado, o que quer dizer que eu posso enviar tudo o que eu quiser pro arquivo multimídia do blog e nunca vai encher.

No wordpress.com, tem limite e se você quiser ir além dele, precisa pagar.

E onde que eu hospedo o meu site, vah?

Existem diversas opções de ofertas por aí, como o UolHost e Locaweb, mas o que eu recomendo mesmo é o Hostgator. É o meu servidor atual e nunca me deu problema, e a internet inteira fala bem. Além de ser o que tem as melhores opções de plano e mais acessíveis a todos os bolsos. Isso não é uma propaganda paga. (Mas poderia ser – Hostgator, me patrocina!)

Então assim, ó:

WordPress.com – Prós e contras

♥ Prós:

Você não precisa se preocupar com domínio ou hospedagem do seu site;
O backup é automático;
As atualizações são automáticas;
Tem equipe de suporte que você pode enviar e-mail;
Tem temas disponíveis com dois cliquezinhos;
É mais simples de configurar porque eles dão tudo pronto.

♥ Contras:

Não pode personalizar muito a menos que pague (e bastante!);
Não tem muito espaço a menos que pague (muito);
Não tem plug-ins e não pode colocar propagandas a menos que… bom, vocês já entenderam!

WordPress.org – Prós e contras

♥ Prós:

Código aberto: crie tudo do jeito que quiser;
Pode instalar plug-ins e temas à vonts;
Espaço ilimitado (de acordo com a hospedagem);
Uma comunidade imensa pra te ajudar com dúvidas;
Seu site, seu jeitinho, seu lar.

♥ Contras:

Você tem que fazer tudo sozinho, não é entregue pronto pra você;
Tem que instalar tudo e fazer o backup;
Tem que ficar de olho em atualizações;
Tem que pagar domínio e hospedagem.

♥♥ E com relação a gastos:

Gráfico easy breezy

Pagando bem, que mal tem?

No wordpress.com há a possibilidade de aumentar tudo o que você quiser, desde que você pague os valores abaixo:

Registro de domínio – U$ 18

Mapeamento de domínio – U$ 13

Envio de vídeos – U$ 60

Design customizado – U$ 30

Mais espaço de armazenamento – de U$ 20 a U$ 290

Remoção de propagandas – U$ 30

Temas premium ilimitados – U$ 120

Tema premium – desde U$ 20

Combo do wordpress.com

Se você quer personalizar seu blog, quer ter um domínio próprio mas não quer se arriscar com o wordpress.org, você pode assinar o premium do wordpress.com, que custa 99 dólares por ano. Ele também remove os anúncios indesejados do seu blog e permitem que você envie áudios e vídeos.

Considerações finais blogger x wordpress

Se você não manja muito de internet e nem se preocupa tanto assim com as funcionalidades, eu acho que o blogger é mais intuitivo. O wordpress, mesmo o .com tem um painel de controle levemente confuso.

Mas se você tem um projeto que vai manter e quer começar sem pagar pelo domínio e hospedagem, recomendo o wordpress.com, porque daí você já se familiariza com o painel de controle e, na hora de passar pro wordpress.org, sabe mexer bem.

Considerações finais wordpress.com x wordpress.org

Se você quer algo mais profissional e a longo prazo, o wordpress.org ganha de longe, porque é totalmente customizável. Se não, começa no wordpress.com e depois sempre tem a opção de mudar, mesmo porque os dois trabalham em conjunto as vezes.

Blogger para WordPress

Se você já tem um blog no blogger e quer passar o conteúdo pro wordpress, consulte um tutorial qualquer, tem bastante pela internet. E sim, vale a pena.

Dica amiga:

Se você não entende nada de HTML, CSS ou php eu acho complicadinho (inho mesmo, porque pra tudo tem uma primeira vez) você usar o wordpress.org, porque não tem nada automático aqui. E também dá mais trabalho do que ter o wordpress.com, porque tem que ficar pagando domínio e hospedagem. Mas claro que você pode contratar alguém pra fazer seu layout e programar todo o blog pra você, de forma com que você nunca tenha que mexer nos códigos, o que facilita e ajuda os profissionais na área – vale lembrar que se você quer algo legal, é bom investir um dinheirinho. Lembre-se que você recebe o que você paga. Não aceite qualquer “designer” por aí. Seu blog é quem você é, e você merece algo legal e bem feito J

No próximo post eu explico o passo-a-passo de como fazer o upload do wordpress.org pro servidor e como personalizar seu blog. Lembrando que eu vou explicar com base no Hostgator.

Restou alguma dúvida? Tem alguma parte confusa? Me avisa e eu arrumo ou respondo o que faltou. Beixos.

Esse artigo em inglês me ajudou bastante a elaborar o post.

Share Button

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Ninguém comentou aqui ainda, aproveita!

Notify of
avatar
wpDiscuz